fbpx

Projeto incentiva responsabilidade das crianças com os pets

Projeto incentiva responsabilidade das crianças com os pets

Com a intenção de conscientizar os alunos sobre os cuidados com os animais de estimação, professora do 1º ano desenvolve projeto que engaja toda a Escola

Pesquisas mostram que ter um animal de estimação contribui muito para o desenvolvimento infantil. Além de agir como parceiro de brincadeiras e até como confidente, crianças que crescem com pets desenvolvem maiores habilidades sociais na fase adulta, como empatia e sociabilidade. Conviver com os animais também ensina aos pequenos lições fundamentais sobre a vida, como lealdade, companheirismo, cuidado com os demais e até como lidar com a perda. Crianças são naturalmente empáticas, e isso é potencializado e desenvolvido ainda mais quando elas têm a oportunidade de cuidar de um animalzinho.

Ainda assim, cabe aos cuidadores e educadores ensinar às crianças sobre a responsabilidade que é cuidar de um animal de estimação. Afinal, tratam-se de vidas que dependem totalmente dos cuidados de nós humanos. Casos de maus-tratos e abandono de animais ainda são comuns. Há muitos casos de donos que veem os animais como objetos e os abandonam quando deixam de ser convenientes. E foi pensando nisso que a professora Márcia Fonseca desenvolveu durante o mês de setembro um projeto de incentivo à responsabilidade e aos cuidados com animais de estimação com os alunos do 1º ano C, e que se estendeu às outras turmas da escola.

Durante o projeto, as crianças assistiram ao filme “Pets – a vida secreta dos bichos”, que fala sobre a amizade de uma garotinha e de seu cãozinho Max. Em seguida, a Escola recebeu a médica veterinária Camila Mantovani, que bateu um papo com as crianças sobre cuidados com os animais. Durante a conversa, a veterinária enfatizou para os alunos sobre a importância de manter as vacinas em dia, de cuidar da higiene dos bichinhos e sobre os benefícios de crescer em convívio com os animais. Além disso, foi ressaltado sobre o valor da vida dos animais e de como precisam ser respeitados e cuidados por nós. Afinal, animais são vidas e não objetos que podem ser descartados.

Em outro momento do projeto, a Escola recebeu Letícia Flores Guesini Rhauan e Fernanda Costa, que fazem parte do grupo voluntário SOS Vira-Latas, que atua em Iporã resgatando animais de rua, maltratados ou abandonados. As meninas do SOS Vira-Latas explicaram para as crianças de que maneiras elas podem contribuir para diminuir os casos de maus-tratos e abandono, e sobre os cofrinhos que ficam expostos no comércio local, onde as pessoas que querem ajudar deixam sua contribuição.

Ao final do trabalho, os alunos fizeram doações de ração para o grupo voluntário. Também foram deixados cofrinhos pela escola para que as crianças façam contribuições. Por fim, com o auxílio das professoras, foram feitos murais com fotos das crianças e seus pets, assim como vídeos onde as crianças falam sobre seu amor pelos animais de estimação, além de recadinhos para outras crianças da comunidade que queiram se engajar na causa.

Sacola dos Sonhos leva leitura e conexão para pais e alunos
Conheça o método de contação de história silenciosa e seus benefícios
Menu