fbpx

Sobre a Unidade de Educação

DECISÃO CAPITULAR nº 05.

 “Transformar o Instituto Imaculado Coração de Maria em centro de Atendimento Diurno para menores carentes, mantidos por nossas Escolas”. (Cap. Prov. De 17 a 21/12/1993)

JUSTIFICATIVA DA MUDANÇA

Devido à redução do número de alunos que frequentavam a Escola do Instituto Imaculado Coração de Maria, tanto da 1ª a 4ª série, bem como do jardim de Infância.
O bairro foi empobrecendo, assim diminuiu o valor da mensalidade dos alunos e para manter um bom nível de ensino, como sempre primou a Escola, acarretaria dificuldades financeiras de manutenção.
O Instituto Imaculado Coração de Maria foi por 80 anos, antes de tornar Escola foi voltada especialmente para o atendimento a crianças e adolescentes pobres, órfãs, abandonadas, passando por esta Obra centenas de meninas internas, recebendo assistência e educação para a vida.
Por isso, se fez necessário o resgate da missão primitiva, dando maior enfoque ao atendimento a crianças e adolescentes pobres, sem ou com poucas condições de educação e assistência socioassistencial para satisfazer suas necessidades básicas.

“Todas estão seriamente obrigadas a não esquecer os pobres, principalmente as meninas…” (BM Const. 1852).

O Instituto Imaculado Coração de Maria fechou suas atividades escolares em dezembro de 1994. Desde então de 18 a 20 de março de 1995 foi o estudo sobre o processo para o início da Reforma da Obra.
Reuniões com o Engenheiro Dr. José Martinez Rodrigues e Irmãs Elisa Bristot e Terezinha Mattielo sobre o andamento da Reforma.
Foi então definido o redimensionamento desta Obra a fim de oferecer atendimento a crianças/ adolescentes e casa de Encontros. Para isso, foi necessário realizar uma reforma geral na Obra. Adaptações do prédio ao que se pretendeu instalar. A reforma da Obra iniciou-se em 02/05/1995 e foi concluída no dia 30 de dezembro de 1995. O espaço ficou destinado da seguinte maneira: 3º Piso-Casa de Encontros; 2º Piso-Atendimento às Crianças/Adolescentes: Cozinha, Refeitório, Salão para Encontros da Obra Social.

PREPARAÇÃO PARA O FUNCIONAMENTO DA OBRA SOCIAL

 Ao mesmo tempo em que se desenvolveu o projeto de reformas, iniciou-se a preparação para o funcionamento da Obra Social e Centro de Formação, sob a assessoria e orientação de Irmã Gemma Catharina Rossetti, Assistente Social responsável pelo setor de Ação Social da Província Constou-se de:
Elaboração do Projeto das formas de atendimento da Obra Social.
Continuação do estudo da localidade para conhecimento da realidade “In Loco”, onde está inserido o Instituto Imaculado Coração de Maria.
Levantamento dos recursos sociais, educacionais e assistenciais do Bairro, com visitas a Creches, Escolas, Obras de atendimento a menores, outros recursos.
Visitas a comunidades, cortiços, e as famílias com entrevistas para informações.
Aquisição de mapas e planilhas na VII Região Administrativa de São Cristóvão. Delimitação das áreas de atendimento da nova clientela: Bairro São Cristóvão e Bairros adjacentes, Benfica, Mangueira e outros. Estudo para previsão de convênios de manutenção junto a Prefeitura e Órgãos do Estado. Encaminhamento da documentação necessária para obter o Registro da Obra Social no Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

Menu