fbpx

PORTO ALEGRE – RS | Desde a segunda-feira (11), está em vigor um decreto do Governo do Estado que, entre outras ações, determina o uso de máscaras como medida de prevenção ao coronavírus. Antes mesmo do decreto, no Instituto Providência, a preocupação era de como as crianças, adolescentes e famílias atendidas pela instituição, poderiam ter acesso ao item de proteção.

A dúvida não pairou por muito tempo e a preocupação foi respondida com ação. Uma sala da unidade socioassistencial da Rede ICM, localizada no centro da capital, virou um espaço de confecção das máscaras que serão doadas às famílias das 207 crianças e adolescentes atendidas pela instituição. Irmãs e colaboradoras estão empenhadas em produzir 500 unidades. Até o momento, já foram produzidas mais de 200 unidades.

A ação solidária mostra algo importante: mesmo com as atividades presenciais suspensas, a instituição não fechou as portas, nem mesmo deixou de acompanhar e prestar assistência às crianças, adolescentes e famílias em situação de vulnerabilidade social. A produção das máscaras é uma das muitas ações promovidas pela unidade ICM.

Os educadores promovem as oficinas via redes sociais. Já os profissionais da equipe técnica – assistente social, psicólogo, pedagogos – estão se revezando para prestar acompanhamento às famílias.

De acordo com a Ir. Daniele Kosvoski, diretora do Instituto Providência, a missão da instituição é a de promover o cuidado e a proteção das crianças e adolescentes, através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. Mesmo à distância, o acompanhamento continua sendo feito para que a situação de vulnerabilidade não seja ainda mais aprofundada.

A diretora conta que o trabalho da instituição, uma das mais antigas de Porto Alegre, com 157 anos de missão, está seriamente ameaçada, uma vez que a Prefeitura de Porto Alegre de suspendeu o repasse de recursos financeiros para as entidades parceiras. Por isso, há dificuldades em atender todas as famílias cadastradas no Instituto Providência.

A COMUNIDADE PODE AJUDAR

Desde a segunda-feira, 11, a entidade desenvolve a campanha “Ações transformam o mundo > DOE”. A campanha pede a doação de alimentos, material de limpeza e higiene, ou ainda, doação de elásticos para a confecção das máscaras. Quem preferir, também pode fazer doação financeira através de transferência bancária. Confira os dados:

Instituto Providência
Rua Demétrio Ribeiro, 594
Centro Histórico – Porto Alegre
Contatos (51) 3517-4384 | 99701-4798 para whatsApp

Para doação financeira

Sociedade Educação e Caridade
CNPJ: 92.812049/0002-48
Banco Banrisul – Agência 0839 | CC 06.156218.0-7

Por: Magnus Regis
magnus@redeicm.org.br

Menu